Tipos de conjuntivite, causas, sintomas e tratamento da conjuntivite alérgica, viral, bacteriana, neonatal, vernal, sazonal e outras.


Conjuntivite - Como surge e se desenvolve

O período de incubação da conjuntivite é de 4 a 7 dias. Geralmente começa por um dos olhos e, com 3 a 4 dias, passa também para o outro olho.
A fase aguda dura de 7 a 10 dias (maior risco de passar para outras pessoas).
A vermelhidão pode permanecer até 2 a 3 semanas (principalmente se houve hemorragia conjuntival).


Causas e sintomas da conjuntivite

Conjuntivite pode ser causada por uma infecção viral, tal como, uma infecção respiratória aguda, ou doença como o sarampo, herpes simplex ou herpes zoster. Os sintomas podem incluir desconforto leve a grave em um ou ambos os olhos; vermelhidão; inchaço das pálpebras e uma secreção aquosa, amarela ou esverdeada. Os sintomas podem durar de vários dias a semanas. A infecção com um adenovirus, no entanto, também pode provocar uma quantidade significativa de descarga semelhantes a pus e uma sensação áspera no olho. Estes sintomas podem também ser acompanhados por inchaço e sensibilidade dos nódulos linfáticos, perto do ouvido.
Conjuntivite bacteriana pode ocorrer em adultos ou crianças sendo causada por organismos como Staphylococcus, Streptococcus pneumoniae e Haemophilus. Os sintomas da conjuntivite bacteriana incluem sensação de pálpebras duras após o acordar. Vermelhidão da conjuntiva pode ser ligeira a grave e pode ser acompanhada por inchaço. Pessoas com sintomas de conjuntivite, e que são sexualmente ativas, possivelmente podem ser infetadas com clamídia ou com as bactérias que causam a gonorreia. Pode ainda existir grandes quantidades de descarga de liquido tipo pus. Os sintomas de conjuntivite podem ainda incluir hipersensibilidade à luz (fotofobia), uma descarga de muco aguado, e sensibilidade nos gânglios linfáticos perto do ouvido, que pode persistir até três meses.
A conjuntivite também pode ser causada por condições ambientais como vento, fumaça, poeira, e reações alérgicas causadas por pólen, poeira ou grama. Os sintomas variam de coceira e vermelhidão, a uma descarga de muco. As pessoas que usam lentes de contacto podem desenvolver conjuntivite alérgica causada pelas diferentes soluções oculares.
Outras causas menos comuns de conjuntivite incluem o facto de olhar para o sol, uso de lâmpadas solares, lâmpadas de plantas, ou olhar para as luzes durante um processo de soldagem, bem como ductos lacrimais defeituosos.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL